sábado, 14 de agosto de 2010

Até já Afonso...

É com uma tristeza profunda que comunicamos a todos os amigos do Afonso que o nosso menino já não sofre mais.
Partiu para o outro lado do arco-íris onde não há dor nem sofrimento...

Todos os animais são especiais, mas há uns que nos marcam profundamente...o Afonso foi um deles.
Entrou no canil, depois de uma vida de dedicação a alguém que se desfez dele, vinha completamente deprimido e quase a desistir de viver...

Aos poucos foi recuperando a confiança no ser humano e foi recuperando também a alegria de viver.
Era um cão sénior, de um porte lindíssimo e com uma meiguice muito própria. Cativava quem o conhecia e todas nós acalentávamos a esperança de um dia alguém se apaixonar também por ele e lhe dar um espaço onde pudesse ser livre e feliz....

Depois de uma série de problemas de saúde o Afonso descansa finalmente em paz...as lágrimas não param de correr, as palavras não saem, mas sabemos que agora ele já não sofre mais e sabemos que agora brilha bem lá no alto a olhar por nós.

Partiu em paz, rodeado de amor e carinho...

A todos os que nos ajudaram a proporcionar ao Afonso uma vida digna e com qualidade, muito OBRIGADA!

E para ti Afonsinho...apenas um até já! Sabemos que está aí, do outro lado da Ponte à nossa espera!!

Obrigada por nos teres feito acreditar.
Obrigada por nos teres mostrado que é sempre possível.
Obrigada por teres apaixonado tanta gente.
Obrigada pela alegria com que nos recebias diariamente no canil.
Obrigada por teres confiado em nós!
E obrigada por nos teres deixado fazer parte da tua vida.



Ao lado do céu existe um lugar chamado Ponte do Arco Íris.Quando morre um animal que foi especial para alguém daqui, esse animal vai para Ponte do Arco Íris.Lá, existem riachos e colinas para que todos os nossos amigos possam correr e brincar juntos.Tem muita comida, água e sol, e nossos amigos estão quentinhos e confortáveis.
Todos os animais que estavam velhos e doentes voltaram a ter vigor e saúde; aqueles que estavam magoados ou aleijados estão inteiros e fortes novamente, exactamente como nas nossas lembranças dos tempos que já se foram. Os animais estão felizes e contentes, excepto por uma coisinha: cada um deles sente falta de alguém muito especial, que teve que ficar para trás.
Todos correm e brincam juntos, mas chega o dia quando um subitamente pára e olha para longe. Os seus olhos brilhantes estão atentos; seu corpo treme de ansiedade. De repente ele começa a correr para longe do grupo, voando sobre a erva verde, e as suas pernas correm cada vez mais rápido.
Você foi visto, e quando você e o seu amigo finalmente se encontrarem, abraçar-se-ão num encontro feliz, para nunca serem separados novamente. Os beijos alegres chovem sobre o seu rosto; suas mãos afagam de novo a cabeça amada, e você pode olhar mais uma vez nos olhos confiantes do seu amigo, ausentes há tanto tempo da sua vida, mas nunca longe do seu coração.
Nesse momento cruzam juntos a Ponte do Arco Íris...

3 comentários:

carla disse...

Que triste fico por saber desta notícia.Contudo, alegra-me pensar que o Afonso já não sofre, que está num lugar onde há paz e, que estará feliz.
Bem hajam aqueles que dedicaram um bocadinho de tempo ao Afonso.
Até sempre.

Anónimo disse...

É uma noticia muito triste.


Ainda bem que não sofre mais. Nao estava bem no canil.


O texto está lindo.


Até mais ver-te Afonso....

Anónimo disse...

Querido Afonso,
Não consigo pensar em ti sem chorar. Eras um cão muito especial e, dificilmente, te esquecerei.
Pode ser que ainda nos encontremos... um dia...
Descansa em paz, amigo.