quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Vai oferecer um cão no Natal??

Com o aproximar do Natal muita gente pergunta:

-Será que devemos oferecer um cachorrinho ao nosso filho/a?


Antes de tomar a decisão final lembre-se: um cão é um ser vivo que sente, é um novo membro da família!! Ele vai partilhar convosco as alegrias e as tristezas e estará sempre de patas abertas para vos receber, abram vocês também os vossos corações.

Ficam algumas "regras" que se devem ter em conta antes de adoptar um animal:

-Convém ter em mente o tamanho do cão que vai querer. Se quiser cão grande ,vai precisar de muito tempo e espaço. Os cães grandes precisam de correr muito, não podem ficar fechados senão libertarão a energia na mobilia e adereços que tiver em casa. Se viver num apartamento um cão de porte mini é o ideal, mas lembre-se: eles também têm de passear.

2º-Não pense que um cãoé um boneco de peluche como aqueles que estão aí á venda nas lojas. Nem pensar!O cão é um ser vivo e precisa de amor, tempo e dedicação.
Lembre-se...os cachorros crescem por isso ao adoptar um cão tenha sempre em mente que ele vai crescer, que não vai ficar eternamente cachorro, que vai ficar maior, vai comer mais e vai precisar de mais espaço.

3º- Aviso já que vai precisar,mais do que tudo,de muita paciência.Para já,um cachorro acabado de chegar a casa vai estar nervoso,e o mais provável é chorar durante a noite.Vai precisar,também,quando ele for mais crescidinho de paciência para o educar,ou vai ter um cachorro mal-educado e destruidor. Forneça ao seu cachorro brinquedos para ele se entreter senão começará a "brincar" com o que lhe aparecer pela frente.

4º- Os cães, principalmente os de apartamente precisam de ir à rua diariamente e várias vezes ao dia. Quer faça chuva quer faça sol o cão tem de sair para fazer as suas necessidades. Ao adoptar um cão tem de assumir esta responsabilidade.


O cão, como qualquer ser vivo, precisa de cuidados básicos de saúde:

1º- O cachorro desde os 2 aos 12 meses é um animal muito sensível e propenso a alguns problemas de saúde.
Não quer dizer que em adulto não tenha doenças,mas normalmente as doenças de cachorro ficam até á idade adulta.

2º- O cão precisa de ter as vacinas todas em dia.
Um cão sem as vacinas em dia está muito propenso a apanhar doenças como a raiva.

3º- Tal como previne a saúde da sua família, também deve estar preparado financeiramente para qualquer problema que possa surgir na saúde do seu cão.

E LEMBRE-SE: NÃO COMPRE ANIMAIS! ADOPTE E SALVE UMA VIDA!!